Categorias
Artigos

#1 Desafio 2018 – Consciência Emocional

Depois do ano passado termos lançado 12 desafios mensais para quem nos acompanha poder desenvolver a sua Inteligência Emocional, decidimos continuar e lançar novos desafios para 2018!

Vamos trabalhar as mesmas categorias de Inteligência Emocional, mas com novos desafios dentro de cada categoria.

Este mês de Janeiro, vamos treinar a nossa Consciência Emocional!

E porquê? Porque é o primeiro mês do ano, quando iniciamos um novo ciclo, quando as pessoas fazem resoluções para o ano novo, quando a motivação está no auge e as pessoas querem implementar mudanças na sua vida. E o primeiro passo para mudarmos algo, parte sempre da nossa Consciência.

A Consciência Emocional é a capacidade de reconhecermos os nosso estados emocionais, percebermos os nossos pontos fortes e pontos fracos e conhecermos-nos bem. Os nossos estados emocionais são influenciados por aquilo que pensamos e fazemos.

Para este primeiro mês de 2018, lançamos um desafio de auto-reflexão. Durante este mês, no final do dia, reflete sobre as vezes em que reagiste mais negativamente com uma “explosão” e que tiveste uma atitude mais negativa.

Apenas isso, refletir sobre o teu comportamento. Esta reflexão não tem como objetivo a culpabilização ou punires-te pelo teu comportamento, mas apenas refletires sobre o motivo que pode ter levado a reagires dessa forma.

Para facilitar o trabalho de auto-reflexão, podes utilizar as seguintes perguntas:

  • O que é que tinha acontecido antes de eu reagir assim?
  • É normal eu reagir desta forma?
  • O que me levou a reagir assim?
  • O que é que eu ganhei com esta atitude?
  • Como é que isso me afetou?
  • O que é que posso fazer diferente na próxima vez?

Um dos grandes filósofos de todos os tempos e considerado o avô da filosofia para muitos, foi Sócrates. Ele dizia que a verdade estava em cada um de nós e que era questionando as coisas que conseguiríamos chegar à verdade. Então é necessário questionarmos os nossos comportamentos, para chegarmos à verdade das nossas reações. Se não entendermos porque é que reagimos como reagimos, torna-se difícil implementar alguma mudança. Mas quando entendemos melhor as nossas atitudes, torna-se mais fácil mudá-las.

Bom treino!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a newsletter

Para receber todas as novidades em primeira mão…