Categorias
Artigos

#8 Desafio 2018 – Assertividade

Chegamos ao mês de Agosto e ao 8º desafio do ano! Os últimos desafios mensais para desenvolver a nossa Inteligência Emocional, foram:

O desafio deste mês é sobre a Assertividade. A assertividade é um comportamento caracterizado por uma afirmação ou declaração sobre algo, de forma confiante. É a capacidade de afirmar o nosso ponto de vista ou defender os nossos ideais, sem ameaçar de forma agressiva o direito das outras pessoas ou agirmos de forma submissa, permitindo às outras pessoas ignorarem ou recusarem o direito ao nosso ponto de vista.

A Mayo Clinic,  uma organização não-lucrativa, dedicada à prática clínica, educação e pesquisa, indica alguns benefícios de trabalhamos a nossa assertividade:

  • Aumenta a nossa autoconfiança e autoestima
  • Entendemos e reconhecemos melhor os nossos sentimentos
  • Ganhamos maior respeito dos outros
  • Melhoramos a nossa comunicação
  • Criamos situações win-win
  • Aumenta a nossa capacidade de tomada de decisões
  • Criar relacionamentos mais honestos
  • Aumentamos a nossa satisfação no local de trabalho

É comum as pessoas quererem melhorar a sua comunicação para uma mais assertiva, saindo do espectro do passivo ou do agressivo. Um grande problema é que nós temos padrões de comunicação definidos, que foram sido desenvolvidos ao longo dos anos. Então, é irreal pensar que de um momento para o outro conseguimos ser assertivos em todas as nossas comunicações, em todos os cenários que deparamos, principalmente aqueles que trazem uma maior carga emocional. Se nós quisermos aprender a andar de bicicleta, não vamos logo fazer uma prova de ciclismo. Começamos a conduzir num espaço com pouco movimento, devagar e com apoio de alguém. No treino destas competências é o mesmo critério.

Durante este mês, começa a treinar a tua assertividade através de pequenos passos, em situações com pouca carga emocional ou em situações simuladas. Por exemplo, quando um amigo ou familiar te pedir algo que não queiras fazer, recusa de forma assertiva. Adicionalmente, em cada situação que comunicares de forma mais passiva ou agressiva, avalia depois o teu comportamento: o que gerou essa resposta, que pensamentos tiveste e qual foi o resultado para ti e para a outra pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva a newsletter

Para receber todas as novidades em primeira mão…